Redes Sociais Alternativas, conheça as melhores

 

O Facebook está mudando, e a rede que antes era uma fonte ilimitada de trafego e renda, que era a queridinha de todo e qualquer empreendedor foi mudando pouco a pouco e hoje está se tornando uma rede bastante limitada para criadores de conteúdo e donos de paginas em geral.

Temos no mercado algumas alternativas de longa data que são o linkendin, Twiter, Instagram e outros, que não competiam diretamente com o Facebook, visto que o poder da rede é gigantesca, Essas redes viraram um complemento ao Facebook.

Bom, muita coisa mudou, e é normal, visto que a internet é interessante por causa disso, das mudanças. Mas o impacto das mudanças estão afetando muitas pessoas com limitação de alcance e com claro viés ideológico, que vem sendo denunciado por muitas pessoas a muito tempo.

 

Se você está sentindo que o Facebook está sendo prejudicial para você poderá tentar estas redes sociais alternativas que vem surgindo pelo mundo e muitas delas já é um sucesso em todo mundo. Confira.

 

Minds

A minds é uma plataforma gratuita e de código aberto, o que significa que é uma rede social em que todos podem ajudar no seu desenvolvimento, Já é um sucesso em vários países do mundo justamente por ser uma rede neutra, sem censura e com muitas possibilidades.

A minds é um sucesso por vários motivos, e um deles é que lá você não vai ser censurado.  A minds paga pontos por cada comentário, curtida e inscrito em pontos que pode ser usado para impulsionar seu conteúdo, perfil, ou até mesmo sua fã page no Facebook, ou você pode sacar para um banco. A cada 1000 pontos valem 1 dólar.

 

Gab

A rede é um refúgio para pessoas que são banidas por algum motivo do Twitter, com a proposta de uma rede totalmente livre de censura e com plena liberdade para expressar, o Gab começou a receber muito público brasileiro. O Gab foi criado em agosto de 2016 e como uma alternativa a então popular rede social Twitter. O fundador e atual CEO Andrew Torba citou “o grande monopólio social da esquerda, O Gab enfrentou ao longo de sua existência, resistência para crescer como exemplo tendo seu aplicativo rejeitado pela Appstore e removido do Google Play. Atualmente a rede está “evoluindo”. Porém no meio tudo isso o Gab viu nascer outras redes sociais competindo diretamente pelo seu público alvo principal.

 

Conservativecore

Talvez seja uma das primeiras redes sociais feita no Brasil usando estrutura Brasileira e lançada primeiro aqui.

Com o design parecido como Twitter, o Conservativecore foi colocado no ar no primeiro semestre de 2020 e é uma aposta para o público brasileiro carente de liberdade de expressão e de uma rede que atenda requisitos básicos como o não compartilhamento de dados e sem censura, princípios que a rede diz assegurar.

Além disso é uma aposta Brasileira competindo diretamente com as gigantes do ramo como o Facebook e Twitter, e que promete ser uma rede competitiva.

 

Parler

Comentada como sendo opção pelo presidente dos Estados Unidos, o Parler virou sensação em todo mundo como opção viável para usuários carentes de uma opção nova.

Criada em 2018, o Parler é um aplicativo de mídia social desenvolvido por John Matze e Jared Thomson. O funcionamento da rede é muito parecido com o do Twitter. Onde, as pessoas podem publicar mensagens de até mil caracteres, com imagens e vídeos.

 

Em tempo, o Facebook e o Instagram é extremamente importante se você tem ou deseja fazer negócios. Opções citadas acima, neste primeiro momento tem a ver com encontrar pessoas e idéias que podem se encontrar e se conectar com segurança.