Fundo Monetário Internacional, conheça e invista.

Compartilhe este Artigo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Segundo os livros, o Fundo Monetário Internacional é um tipo de fundo criado para que vários países possam se ajudar em momentos difíceis. Representado pela sigla FMI, é responsável por regular e atuar diretamente para que o sistema financeiro mundial funcione corretamente.

O principal objetivo é evitar que os sistemas cambiais e o setor financeiro fiquem em desequilíbrio, e isso facilita o comércio internacional e auxilia o crescimento econômico sustentável. Fazem parte dessa organização 188 países atualmente. Cada nação é responsável por um montante financeiro para realizar a manutenção do fundo. Esses valores variam de acordo com o índice econômico do país.

 

Como foi criado o Fundo Monetário Internacional?

Depois da Segunda Guerra Mundial, Os EUA estavam com receio do tamanho do impacto econômico que tal destruição poderia causar, já que guerras sempre trazem muitas perdas. Dessa maneira, vários países aliados foram reunidos, para encontrar uma forma de minimizar esses danos. 

Então em julho de 1944 o Fundo Monetário Internacional foi criado, nos Estados Unidos em New Hampshire, quando também foi criado o Banco Mundial, a Organização Mundial do Comércio (OMC) e o Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD).

 

Como funciona?

O Fundo Monetário Internacional é conhecido através dos empréstimos que costuma fazer aos países, que participam desse grupo e que estão passando por problemas financeiros. Essas transações, tem por objetivo auxiliar os países com os problemas econômicos, o Brasil mesmo já pegou dinheiro emprestado que foi quitada em 2005, com valores de US$ 15,5 bilhões.

Mesmo servindo para ajudar, o sistema possui diversas regras para liberar os empréstimos. Algumas delas envolvem o corte de gastos, a redução do número de funcionários públicos e até a privatização de algumas empresas públicas, além do aumento dos impostos. 

 

Como investir?

Apesar de existirem muitos defensores, no mercado financeiro, existem muitas críticas sobre o Fundo Monetário Internacional. A principal das críticas é que o funcionamento da instituição pode dar um poder maior aos países que possuem condições financeiras melhores. 

Além disso, alguns economistas também questionam a forma como o Fundo procede em suas condições para os empréstimos, já que obrigam os países a realizar um monte de controle orçamentário, sendo que o melhor seria investir em estruturas.

Mesmo com todas as críticas, o Fundo Monetário Internacional continua sendo um dos principais atores econômicos, responsável pela difusão e predominância do sistema neoliberal no mundo todo, desde a segunda metade do século XX.

 

Quais os riscos?

O maior risco de todos é sobre o calote que os grupos financeiros podem dar. O risco pode ser mais grave, e acontecer no médio prazo, mas ainda assim, o tempo varia entre dois ou três anos. Por esse motivo, fica o alerta para que a vigilância e as normas de segurança se aperfeiçoem para que isso não aconteça. 

Alguns estudiosos bem apontando e chamando atenção há alguns anos já, para o lado negativo dessas políticas monetárias que são mantidas por muito tempo. Com juros baixos e algumas vezes até negativos, grande parte do fluxo de capitais podem vir de economias emergentes. Nesse caso, a dívida externa pode passar a valer muito mais.

 

Onde investir?

Atualmente quem faz parte e é membro que compõe o capital do banco, são cerca de 150 países, sendo o principal acionista, os Estados Unidos. O valor das cotas, assim como o direito de voto varia de acordo com o nível e a participação dos países no mercado mundial. Assim como o Bando Mundial, que visa empresar financiamentos aos países que desejam de alguma forma se desenvolver, grandes empresas também podem pedir empréstimos, desde que apresente os motivos do projeto, e a forma como a empresa pode arcar com esses pagamentos.

Quer investir em ações, CDFs e no mercado financeiro em geral e não sabe como?

Pode parecer complicado, mas a Iqoption é uma corretora Broker que dá acesso a investimento com oportunidades para iniciantes, inclusive com treinamento e conta de testes, e tudo isso com investimento tão baixo quanto $1USD

Clique aqui para conhecer